Amarás ao teu próximo como a ti mesmo!

Graça e paz amados! Eu estava observando, quando chega o mês de dezembro parece que todos sentem aquela vontade de ajudar às pessoas necessitadas,de fazer caridade,vocês já perceberam isso? Pois é,eu acho isso legal,mas acho também que não deve ser só em dezembro que temos que olhar para o nosso próximo, mas em todo o momento,logo por que esse é um mandamento de deus: “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo” Vamos falar mais sobre isso.

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.” (Marcos 12:30-31).

Neste versículo acima Jesus deixou claro que devemos amar ao nosso próximo,sendo ele amigo ou inimigo. Por que seria muito fácil amar somente os nossos amigos e familiares,o difícil mesmo é amar aquele que um dia nos fez mal, mas essa é a ordem de Deus. Paulo explicou o que é amor em I Coríntios 13:4.

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

  • O amor não é invejoso. A inveja é um estado de desgosto pelo bem alheio. É o desejo de possuir o que o outro tem.
  • O amor não trata com leviandade. É a falta de prudência. É o precipitado e imprudente.
  • O amor não se ensoberbece. Ensoberbecer é o tornar-se soberbo e orgulhoso.
  • O amor não se porta com indecência. A indecência é o ato de desonestidade.
  • O amor não busca os seus interesses. Não se busca vantagem, proveito, conveniência.
  • O amor não suspeita mal. Suspeitar mal é o ato de desconfiança mais ou menos fundada.
  • O amor não folga com a injustiça. É a falta da justiça. É o ato oposto á justiça.

A palavra do Senhor nos ensinou a importância de Amar. Como podemos amar os nossos irmãos se temos inveja, cobiça, rancor, raiva, ódio, magoa ou outro sentimento destrutivo contra o próximo?A Palavra do Senhor nos diz em Hebreus 13.

“PERMANEÇA o amor fraternal. Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos. Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo. Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará. Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei. E assim com confiança ousemos dizer: O SENHOR é o meu ajudador, e não temerei O que me possa fazer o homem.

O que eu te dizer hoje na véspera do natal é que aproveite as pessoas que estão ao teu lado,ame a sua família e seus amigos,aproveite cada momento com eles mas,lembre-se que há outras pessoas ao seu redor que muitas vezes te passa uma certa imagem ruim,só que estão precisando de um abraço e da sua ajuda. Olhe para o seu próximo,ajude-o,ame-o e Deus te recompensará. Que Deus te abençoe e te dê um natal feliz e abençoado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s